Associação Médica de Goiás, Goiânia – GO

O conjunto arquitetônico concebido para a Associação Médica de Goiás tem como objetivo promover atendimento médico e difundir o conhecimento científico.

No estudo preliminar realizado, foram propostos três edifícios com volumetrias e funções distintas: consultórios médicos, serviços de hospedagem e centro de diagnósticos. Além disso, o empreendimento destinou uma área no subsolo para eventos, pois cerca de 80% dos congressos realizados em Goiânia são relativos à medicina.

A implantação, em terreno de base triangular de 8.600m², procurou trabalhar a permeabilidade urbana e o conforto para o público, recuando consideravelmente os edifícios da divisa do terreno.

Os dois volumes altos são interligados entre si, sendo o mais alto deles dedicado ao atendimento clínico e à administração da Associação Médica.

Serão 17 pavimentos que abrigam 164 salas mais os pavimentos térreo e mezanino, dedicados aos serviços comerciais relativos à natureza do empreendimento.

O segundo edifício alto abriga o flats com 65 apartamentos divididos em cinco pavimentos-tipo.

O terceiro e mais baixo dos edifícios abriga o centro de diagnóstico. Em forma de “L”, ele forma com os outros edifícios a praça de convivência e será destinado ao centro de imagem, laboratórios e atividades comerciais correlatas.